segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

As mãos suavam. As pernas tremiam. Não conseguia focar nada. Ajusto as lentes e nem assim. O nó no estômago piora. A voz treme e não parece minha. Sei que aqueles olhos escuros estão em mim. Olho para as letras á minha frente e não as vejo, tento me lembrar e não sai nada. Improviso e engasgo-me. Olho para o fundo da sala e respiro fundo. Pareceu que tudo parou quando por segundos os encontrei. Menos brilhantes que antes, menos intensos como sempre. O estômago aperta mais e cerro os punhos. Continuo a falar num tom de voz que não é meu. As letras dançam á minha frente e acabo a minha parte. Estalo o polegar na esperança que o som me faça sair daquele estado. Nada. Fecho os olhos com mais força, as lentes ajustam-se e nem assim consigo focar. Continuam no fundo a olhar para mim, mas ignoro. Não são eles que me têm assim .Aqueles olhos. Já não são meu para me afectarem. Batem palmas. Acabou. Fujo para o meu lugar e continua o coração a bater me na cabeça. Deve ser do café. Sei bem que não o posso beber. Que me faz mal. Mas continuo. Tal como ainda sonho os aqueles olhos. Mas mais brilhantes e intensos como sempre. Prefiro acreditar que foi do café.
Sim…foi do café...

5 comentários:

Anónimo disse...

Uhm...palavras profundas!!! De onde virá tamanha inspiração?!? No meu intimo talves saiba o motivo...talves porque te entenda...talves porque entenda o que sentes!!! Como eu queria nao sentir, como queria que nós nao senticessemos...era tudo tao mais simples!!!
Vou-te contar um segredo, uma coisa que aprendi...
Quando sentires esses olhos em ti, esses olhos que te deixam nervosa, desvia o teu olhar, pensa em tudo menos neles, imagina-te num local paradisiaco ou pensa simplesmente naquelas nossas noites "malucas"!!!
Deixa também o café de lado, concordo..faz mal...deixanos nervosos e a tremer...tiranos o sono e logo a possibilidade de sonhar enquanto temos a cabeça na almofada!!! Já que nos chamam loucos quando sonhamos acordados pelos a durmir sempre temos a desculpa que sao meras coisas do nosso subconsciente!!!

Sabes que para qualquer coisa, a qualquer hora eu estarei aqui sempre para te apoiar ou simplesmente para te ouvir!!!
Nos bons e maus momentos!!!
Por isso onde estiverem esses olhos que te aturmentam a alma, imagina-me a mim...sei que nao é a mesma coisa mas sempre te dará mais confiança e quem sabe vontade de rir!!!
Ti adorooooo
Beijinhooooo

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
devaneante disse...

Mas o que te provoca tamanha ansiedade?

Beijinho e deixa o café por uns dias ;)

Adelaide disse...

Olaaa

quem e ele? loool

isso pergunto eu... hehe

gostei deste texto.. tem vida!!!


beijao!

mari (a)penas... disse...

É a primeira vez que te visito e já comecei a gostar!

É sempre do café ou do frio ou até de uma ponta de sol que nos encadeia ou de outra coisa qualquer que existe ou que inventamos naquele momento...

Mas na realidade nunca é de nada disso, é de nós.
Porque somos genuinos e temos medos e receios e fragilidades. Mas nunca admitimos, porque queremos sempre ser e parecer melhores. Mas somos assim, lá bem no fundo sabemos isso. Mas ninguém precisa de saber, só nós.

E assim será sempre do café ou do frio ou até de uma ponta de sol que nos encadeia ou de outra coisa qualquer que existe ou que inventamos naquele momento...

E não tem mal nenhum :)

Vou voltar! Beijinhos